Retorno às atividades pós-COVID-19



Segundo a Dra. Kécia, cardiologista do IAD que atua na linha de frente da COVID-19, o comprometimento cardíaco é uma complicação frequente na COVID-19, o que representa um alerta para a necessidade de investigação de lesões miocárdicas nos indivíduos acometidos pela doença.

Dessa forma, torna-se essencial realizar uma avaliação cardiológica antes do retorno à prática de exercícios e esportes. A Dra. Kécia é Cardiologista do Esporte pelo CIRCC - Curso Intensivo de Revisão em Cardiologia Clínica.

Segundo a médica, os benefícios da atividade física para a saúde são indiscutíveis. Indivíduos que fazem exercícios regulares têm maior proteção contra viroses, com diminuição da incidência de infecções de vias aéreas superiores e melhor evolução clínica, com menos complicações. A prática regular de exercícios físicos em intensidade leve a moderada melhora a imunidade e colabora como fator potencial para maior resistência a contrair a COVID-19 e a ter uma evolução mais favorável numa eventual infecção.

Um fator relevante é a obesidade. A Dra. Kécia destaca que esse é um fator de risco importante para a gravidade da evolução da COVID-19, principalmente nos mais jovens. Na quarentena, a imposição do confinamento das pessoas, aumentou a questão da compulsão alimentar e do sedentarismo, contribuindo para o aumento da obesidade e o descontrole de doenças como hipertensão e diabetes mellitus. As elevadas taxas de ansiedade e depressão também tem preocupado a médica.

Dessa forma, mesmo após o diagnóstico de COVID-19, recomenda-se adotar e manter um estilo de vida ativo com o objetivo de melhorar a saúde e bem estar em diversos aspectos, incluindo redução de risco cardiovascular, metabólico e equilíbrio mental. E para esse retorno com segurança, se torna necessária a avaliação cardiológica individualizada, seguindo os protocolos dos órgãos responsáveis.

Apesar das restrições impostas pelo risco de contaminação pelo coronavírus, devemos incentivar indivíduos a se manterem fisicamente ativos, seja em exercícios em casa ou ao ar livre, respeitando as normas de higiene e distanciamento locais.

Cuide de você, cuide do seu coração, tenha um cardiologista de confiança.



Dra. Kécia Amorim Médica

Cardiologista

CRM GO 13874

RQE 10821


AGENDE UMA CONSULTA

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo