Frio aumenta risco de problemas cardíacos?



Quando as temperaturas despencam, a probabilidade de internação por insuficiência cardíaca e infarto sobe 30%!


Sabe por quê?

O frio faz os vasos sanguíneos se contraírem e eleva a liberação de adrenalina, o que culmina na subida da pressão arterial. Além disso, o aumento da poluição contribui para doenças respiratórias que sobrecarregam o coração. Já o Influenza (vírus da gripe) é capaz de causar inchaço ou inflamação das coronárias, com a possibilidade de liberar as placas de colesterol nela depositadas. As placas, por sua vez, podem causar bloqueios e interromper o fluxo sanguíneo.


Tem como prevenir? Sim! Veja as recomendações:


  1. As epidemias virais e as gripes aumentam o risco cardíaco. Vacinar-se especialmente nas vésperas do outono e inverno é importante!

  2. Continuar praticando os exercícios físicos.

  3. Não passar frio! Usar roupas adequadas, alimentos e bebidas aquecidas e se preciso for aquecedores portáteis em casa.

  4. Tomar corretamente os remédios e controlar a pressão arterial.




Cuide de você, cuide do seu coração, tenha um cardiologista de confiança.


Dra. Kécia Amorim

Médica Cardiologista

CRM GO 13874

RQE 10821




AGENDE UMA CONSULTA

Posts recentes

Ver tudo