O QUE É A CARDIOLOGIA DO ESPORTE?


A cardiologia do esporte, também chamada de cardiologia de alta performance nos Estados Unidos, é uma sub-especialidade da cardiologia que vem crescendo rapidamente nos últimos anos.


A cardiologia do esporte nasceu porque cardiologistas que cuidavam de atletas precisavam conhecer melhor as alterações fisiológicas que ocorrem nos corações de praticantes de atividade física.


Além disso, estes cardiologistas estavam interessados em evitar a temida morte súbita associada ao exercício.


A contrário do que muitos imaginam, a cardiologia do esporte não se limita a atender atletas de alto rendimento.

Os benefícios da prática de atividade física se estendem a praticamente todas as pessoas e neste aspecto, cardiologistas do esporte são essenciais para a orientação da prática segura de atividade física em indivíduos com diversas doenças.


Em linhas gerais, a cardiologia do esporte cuida de atletas e indivíduos fisicamente ativos, ou que desejem sair do sedentarismo, portadores ou não de doenças.


Assim, a cardiologia do esporte incorpora muitos aspectos da cardiologia, desde a cardiologia clínica, passando pela fisiologia do exercício, até métodos de imagem, eletrofisiologia e tratamentos.


Um dos principais tópicos de interesse da cardiologia do esporte é a diferenciação entre alterações cardíacas fisiologicamente induzidas pelo treinamento (o chamado “coração do atleta”) e as condições patológicas que podem acometer atletas.


Além disso, a avaliação pré-participação e a estratificação de risco para a ocorrência de morte súbita fazem parte do dia a dia de especialistas em cardiologia do esporte.


Os conhecimentos em cardiologia do esporte são extremamente úteis quando atletas, praticantes de atividade física ou indivíduos sedentários apresentam sintomas como dor no peito, tonteira, desmaios ou falta de ar durante a prática de exercícios.


Neste cenários, o teste cardiopulmonar de exercício (ergoespirometria) é uma das principais ferramentas utilizadas para investigação.


Entretanto, outros métodos diagnósticos como o eletrocardiograma de repouso, o ecocardiograma (principalmente a modalidade com strain - estudo da deformação cardíaca), a ressonância nuclear magnética cardíaca, o estudo eletrofisiológico e os testes genéticos fazem parte do arsenal diagnóstico em cardiologia do esporte.


Finalmente, cardiologistas do esporte utilizam seus conhecimentos para orientar pacientes com diabetes, hipertensão, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca e doenças valvares, entre outras, a tirar o máximo proveito da atividade física para seu melhor prognóstico.

Dra. Kécia Amorim

Médica Cardiologista

CRM GO 13874

RQE 10821

AGENDE UMA CONSULTA



#drakeciacardiologista #cardiologistagoiâna #eletrocardiograma #iam #doençacardíaca #infarto #gestação #goiânia

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Desde 2019 | Todos direitos reservados | Dra. KÉCIA CRISTINA FARIA DE OLIVEIRA AMORIM

 desenvolvido por View Network